sexta-feira, 26 de julho de 2013

Gonoba – “Endless Cycles” – 2013 – On Parole Records (Importado)

Tenho me surpreendido com o tanto de material que temos recebido da Eslovênia e a qualidade das bandas daquele país. Porém, até o momento, a melhor banda que vi surgir deste país que pertencia à antiga Iugoslávia, foi o Gonoba.

Oriunda de Trzin, este é o segundo álbum do quinteto, que se contar com as demos seria o quinto. O som é focado no Thrash Metal com um pé no Death Metal e se mostra com uma técnica absurda, portanto sem excesso de firulas ou individualidades.

Riffs muito bem elaborados e executados de forma magistral se aliam a solos bem encaixados, o que os tornam a base principal das composições. A cozinha não fica atrás e dá ênfase a variação rítmica da banda. As composições passam por transições que vão dos ‘blast beats’ a momentos mais cadenciados.

Os vocais de Matic Babič são guturais vomitados e soam monocórdios, porém não enjoam durante a audição do álbum. Há uma dose de melodia na medida certa que só deu ainda mais qualidade às composições.

Dentre os destaques duas surpresas, ou melhor, duas instrumentais. A intro Inveitable é muito boa e abre as portas para a massacrante Awareness. Depois, a melódica e brutal faixa título (também instrumental) serve de prévia para a melhor faixa do disco Extermination Protocol.

Ainda há espaço para a mais direta e com refrão pegajoso, Camel Metal, que fecha o disco com chave de ouro. Tudo isso com uma ótima produção que não soa tão plastificada e nem é tão suja. Um ótimo trabalho que deve ser visto com atenção. Vale muito à pena conferir!


8,5

Vitor Franceschini



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records