terça-feira, 17 de setembro de 2013

Wael Daou – “Ancient Conquerors” – EP – 2013 – Independente (Nacional)

O guitarrista paraense Wael Daou integrou as bandas Madame Saatan e Alma Cog. Estudou música no Líbano, país de seus pais, quando tinha em torno de 14 anos. Há 4 anos estava afastado dos palcos por motivos pessoais. Suas influências vão do Rock, passando pelo Metal, até pelo Jazz e música erudita.

O guitarrista vem trabalhando há algum tempo nas composições desse EP e nele procurou dar vida aos temas de conquistadores do mundo através de sua música. Como eu sempre costumo dizer, não é fácil para quem não é músico, resenhar um trabalho instrumental, principalmente nas linhas técnicas, mas como fã de música, faremos o que podemos.

O que se percebe é que não só de virtuose Wael se sai bem. O conjunto da obra no trabalho mostra que ele é um músico completo, além de apenas guitarrista. Afinal, ele compôs tudo no disco e só não tocou baixo, sendo responsável também pelos arranjos e pela programação da bateria, que soa orgânica apesar de tudo. O baixo ficou por conta de Marcos Saraiva.

Sem dúvidas, o peso das bases de guitarra colocam a sonoridade das composições mais perto do Heavy Metal, mas há influências latentes de música erudita e música clássica, além de leves toques de Jazz. Os solos obviamente bem executados são os destaques. Wael sabe equilibrar solos mais longos e melódicos, com passagens mais mirabolantes e técnicas como poucos.

Outro fator preponderante são os arranjos que dão o clima para cada composição, afinal cada tema é bem retratado em um pequeno texto no encarte contando um pouco a história dos conquistadores. O disco não foge do comum de trabalhos de guitarristas, portanto é muito bem feito e produzido.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records