segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Necromass – “Calix. Utero. Babalon” – 2013 – Funeral Industries (Importado)

Os italianos do Necromass chegam ao seu terceiro álbum com todo ódio que o Black Metal deve proporcionar. Mesmo com certa dose de melodia em sua música, o trabalho desenvolvido por este quarteto de Florença transborda raiva e agressividade.

Apesar da produção propositalmente suja, os instrumentos estão nítidos e as composições possuem uma boa variação, não soando cansativas. Com guitarras ríspidas, mas bem trabalhadas, a banda desenvolve uma sonoridade que mescla diversas fases do Metal negro, abrangendo do mais rústico até algumas características atuais.

A cozinha não segue uma linha reta, com uma baixo potente e uma bateria que muda de andamento e com quebradas muito bem encaixadas. O baixista e vocalista Ain Soph Aour expele letras que abordam temas como satanismo e ocultismo com muita gana em seu vocal rasgado.

Destaque para Chapel of Abominations, Dawn of Silver Star e Scarlet Void of Lust. “Calix. Utero. Babalon” não revoluciona ou muda o rumo do Black Metal, mas garante mais qualidade ao estilo. Completam o time Nachzerehr Mara e J.C. Chaos (guitarras), além de Charun (bateria).


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records