quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Queiron – “Sodomiticvm Per Conclave” – 2013 – Gallery Productions/Rising Records/Rapture Records/Impalled Records (Nacional)

Lembro-me de acompanhar esses guerreiros do interior paulista desde o split “Immortal Blood of Victory” (1999) ao lado dos gaúchos do Mental Horror, e como a banda era promissora. Hoje, quase 15 anos depois, mesmo com todos os percalços que o underground proporciona, o Queiron é uma realidade.

“Sodomiticvm Per Conclave” é a maior prova desta consolidação, pois mostra uma banda determinada, experiente e que conhece muito bem os caminhos que trilha. Afinal, o Brutal Death Metal apresentado pelo quarteto de Capivari/SP está mais afiadíssimo e agressivo como nunca.

Guitarras pegando fogo esbanjam qualidade nas bases e nos excelentes solos, enquanto a cozinha despeja toda a fúria necessária sem ter dó nem piedade. Marcelo Brutallik Grous vomita em seus ótimos guturais letras anticristãs, blasfêmias e todo ódio contra a religião que explora os mais fracos e oprimidos.

Desde a ótima instrumental Ordo Iconoklastic Rebellis, que serve de introdução, passando por The Stench ov Sacrifice, Divine Serpent Breeds, Everlast Carnage in Fire e Slavgther Ministry é impossível ficar imune a tanta fúria. Tudo com uma aura épica e um clima de guerra que só ouvindo pode-se assimilar melhor.

Deixar de mencionar a ótima produção, a cargo de Ricardo Piccoli, Raphael Gazaal and Sylvio Scarpeline, no Piccolistudio, seria uma tremenda injustiça. Completam este timaço Ricardo Pestiferus Grous (guitarra), Lauro Nightrealm (baixo) e Oscar M. Vision (bateria).


9,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records