sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Gengis Khan – “Gengis Khan Was a Rocker” – 2013 – MDD Productions (Importado)

Primeiramente não vamos confundir estes italianos com o grupo brasileiro bizarro dos anos 80 que entoava o ‘hit’ Comer Comer no Clube do Bolinha (os trintões irão saber do que estou falando). Até porque o Gengis aqui vem sem o ‘H’ depois do ‘G’, e o negócio aqui é Metal.

A banda é relativamente nova – foi formada em 2011 - e pratica um Heavy/Speed Metal de qualidade com nuances Hard Rock, mas sem muitas inovações. Riffs agressivos com solos rápidos dão a tônica na maior parte do álbum. A cozinha segue reta, mas segura a onda sem problema nenhum. Enfim, os caras fazem o arroz com feijão certinho.

O problema é os vocais, meu amigo. O vocalista e guitarrista Frank Leone não tem um timbre ruim, mas precisa saber usá-lo melhor e ser mais enérgico. Mas, o que realmente maltratou o cantor foi a produção estranhíssima das linhas vocais (incluindo os backing vocals). Parece que o cara cantou num banheiro grande.

O triste é ver que isso foi um fator preponderante no resultado final do disco que possui boas músicas como Into the Fire, On and On e Heavy Metal Maniac. Nem a primeira demo da banda de 2011 como bônus, nem a participação de Blaze Bayley (ex-Iron Maiden) em Revenge In The Shadow se destacaram tanto quanto a negatividade da produção dos vocais. Infelizmente.


7,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records