sexta-feira, 30 de maio de 2014

Jackdevil – “Unholy Sacrifice” – 2014 – Urubuz Records (Nacional)

Apesar do estrondo no underground, os maranhenses do Jackedvil são relativamente jovens e têm apenas 4 anos de carreira. Mesmo assim, prolificamente a banda lançou uma demo e o elogiado EP “Faster Than Evil” (2013) e conseguiu uma boa leva de admiradores, assim como ‘odiadores’. A famosa expressão ‘ame ou odeie’ se encaixa perfeitamente à banda.

Agora, com o primeiro disco, este “Unholy Sacrifice”, não creio que isso irá mudar. Afinal, mesmo a banda apresentando uma evolução técnica, uma maior variação no andamento de suas composições e, naturalmente, maturidade, a essência de sua música foi mantida.

Para quem ouviu os dois trabalhos anteriores citados acima, o debut não irá surpreender. O Thrash Metal com nuances de Speed Metal está ali, porém mais enérgico, mais bem tocado e com os pés no chão.

De novidade pouca coisa. Uma delas é o trabalho das guitarras que mostra uma evolução nítida, principalmente nos solos, e já destaca desde a ótima faixa inicial que dá nome ao álbum. Mas, as linhas de baixo são a cereja do bolo, dando uma sonoridade diferenciada às composições.

O outro fator que chama atenção é a tirada de pé que a banda deu em algumas composições, além da boa melodia inclusa, caso de Behind The Walls e seus riffs matadores, aliás, essa vertente poderia ser mais explorada daqui pra frente.

Outros destaques ficam por conta de Beastrider, Vixen of Satan e para a bônus consagrada Under The Metal Command. A temática do disco gira em torno do conto “O Sacrifício Maldito” escrito pelo vocalista e guitarrista André Nadler.

Seria injustiça não falar sobre o belíssimo trabalho gráfico, tendo o encarte ilustrado com uma história em quadrinho (sem texto), ficou de muito bom gosto, mérito de Ronilson Freire. Os que sempre torceram o nariz continuarão a torcer, os que amam a banda irão amar ainda mais.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records