sexta-feira, 13 de junho de 2014

Violation Wound – “Violation Wound” – 2014 – Vic Records (Importado)

O emblemático vocalista e baterista do Autopsy, Chris Reifert, formou o Violation Wound no ano passado com intuito de fazer um som puramente Punk Rock, como o próprio disse em uma entrevista à Decibel Magazine. Aqui ele ataca de vocalista e guitarrista e conta ao seu lado com Joe Orterry (baixo) e Matt O’Connell (bateria), ambos do Fog of War.

Como as influências do Metal extremo, de onde Chris vem, são inevitáveis, a sonoridade do trabalho tem um ‘quê’ disso e a música apresentada mescla algo de Ramones com o próprio Autopsy, porém com mais algumas coisas como uma pegada Rock ‘n’ Roll em algumas composições.

A produção é tosca (até demais), o instrumental simples e direto, o que coloca o trabalho como algo totalmente descompromissado, ou seja, pura diversão. São 18 composições sujas, agressivas, com bases simples, cozinha direta e com vocais raivosos.

Don´t Believe It, que abre o disco já impregna direto na mente, sendo que Seeing Scars, Glue Trap e In My Veins também merecem menção, principalmente essa última com uma ótima levada. A inclusão de gaitas em algumas faixas caiu como uma luva. Um trabalho bacana, mas que merecia uma produção um pouquinho melhor.


7,0

Vitor Franceschini




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records