quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Cemitério – “Cemitério” – 2014 – Kill Again Records (Nacional)

Interessantíssimo esse novo projeto de Hugo Golon (Blasthrash, Comando Nuclear, Infected, Side Effectz, ex-Em Ruínas), que aqui ataca com todos os instrumentos e vocal. Cantando em português, Golon investe em uma sonoridade que bebe na raiz do Metal extremo.

Unindo os tempos áureos do Metal nacional quando Vulcano e Dorsal Atlântica colocavam o underground em chamas enquanto Possessed e Celtic Frost tomavam conta do cenário no exterior com algumas pegadas próprias, o Cemitério faz um som que pode ser taxado de Death/Thrash Metal.

Com uma produção boa (a cargo de Golon), riffs interessantes e objetivos são despejados, enquanto a cozinha reta dá o tom com algumas quebradas interessantes e meteóricas. As letras abordam temas de filmes de horror, sendo mais um fator que gera curiosidade.

Uma das peculiaridades é como Golon consegue cantar rápido e tornar as letras até ininteligíveis em certos momentos. Destaque para as faixas A Volta dos Mortos Vivos, Holocausto Canibal e Sexta-Feira 13. Mas a dinâmica e energia do disco faz com que o ouvinte se prenda durante toda a audição.

A arte da capa pode parecer simples, mas no encarte há desenhos que traduzem cada tema do disco, o que ficou muito legal (tudo a cargo de Hugo Golon e Wanderley Perna, do Genocídio). Se o leitor aprecia um som extremamente calcado nas raízes do Death e Thrash Metal não pode perder esse trabalho!


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records