quarta-feira, 1 de abril de 2015

InteraBanger


A seção InteraBanger do Blog Arte Metal, além de procurar inovar e tirar o veículo de certa rotina, tem o intuito de interagir com o leitor, músicos e especialistas no assunto sobre álbuns polêmicos ou não de bandas já consagradas e relevantes.

“Endless Forms Most Beautiful”, novo álbum do Nightwish e o primeiro com Floor Jansen (ReVamp, ex-After Forever) nos vocais foi o disco escolhido para o debate. E, coincidentemente, o que menos agradou (segundo o pessoal que comentou), foi a não exploração dos belos vocais de Floor. Acho que o Thuomas vai ter que lutar muito pra voltar a agradar.

“Respeito quem gosta, mas essa banda nunca me convenceu. Depois da saída da Tarja, a coisa só piorou ainda mais. Apenas mais um álbum para contabilizar na carreira e nada mais.” (Ricardo Leite Costa, colunista do site Música e Cinema - http://musicaecinema.com/)

“Achei muito bom, nem todas as músicas me agradaram, mas o disco em si é muito bom, mostrou o que o Nightwish vai seguir daqui pra frente, em minha opinião esse disco poderia ter um pouco mais de peso.” (Eduardo Fabiano Comarella, baterista da banda The Outlanders - https://www.facebook.com/theoutlandersofficial?pnref=lhc)

“Eu ouvi e sinceramente esperava algo mais. Destaco a primeira música e o single, e mais umas duas que são boas, de resto, parece um “Imaginaerum” (2011) feito pra Floor. Mas como é a Floor esperava algo mais.” (Lina Rezende, leitora – Rio Verde/GO)



“Também esperava mais, em tudo, nos arranjos composições e mais dinamismo na voz. Infelizmente não me surpreendeu. Quero ver como vão ficar ao vivo.” (Cindy Queiroz, leitora – Rio Grande/RS)

“Acho que o instrumental da gangue do Thoumas deixou a voz da Floor meio apagada, esperava algo mais pesado, um retorno aos vocais líricos, um verdadeiro Symphonyc Metal como na era Tarja, mas acabou indo mais longe ainda. O álbum é bonito, belas composições, magicamente orquestradas, mas ainda falta "feeling", acho que os meus morreram pela banda.” (Italo Valentim, leitor – Fortaleza/CE)

“Tem boas músicas, mas eu achei que a Floor foi muito mal aproveitada, se a intenção era limitar a vocalista, que continuassem c/ a Annete que já é naturalmente limitada.” (Lucas Silva, leitor – Itapetininga/SP)

“Como um fã que acompanha desde o “Angels Fall First”(1997), eu ainda estou aprendendo a gostar do álbum, até porque sempre analiso todo o contexto ao contrario de simplesmente ouvir as músicas e marcar como positivo o que me faz balançar a cabeça ou não. O que me chama atenção nos últimos álbuns do Nightwish é o fato de sempre me causar a sensação de uma trilha sonora de algum filme épico e imaginativo, e quando uma música consegue despertar essa curiosidade além do que se ouve já é válido! Esse álbum tem coisas interessantes por parte do vocal da Floor que é bem mais versátil que os de Tarja e Anette, e a banda continua com a mesma identidade que todos já conhecem, teclados marcantes, guitarras timbradas da mesma forma de sempre, orquestração magnífica como sempre além da "pegada" Folk..... Destaco algumas preferidas por enquanto como Shudder Before the Beautiful, Élan, Our Decades in the Sun e Alpenglow... (Elvis Rodrigues, baixista da banda Ergus - https://www.facebook.com/ergusoficial?fref=ts)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records