sexta-feira, 24 de abril de 2015

Unmasked Brains – “Machina” – 2014 – Independente (Nacional)

Quando retornou à cena após 13 anos inativo, o Unmasked Brains logo lançou a demo digital “Turning On” (2013) e mostrou que, apesar de parados, estavam antenados no que estava acontecendo na música pesada. Afinal, seu som mostrava estar completamente em dia, mesmo preservando suas raízes.

Enfim, o tão sonhado primeiro debut, após mais de duas décadas, está aí e parece que algo disse que esse era o momento certo. Impressiona a qualidade das composições e a forma de o Unmasked Brains executar sua música de forma diferenciada sem fazer nenhuma invencionice.

A base de tudo é o Thrash Metal, mas o que o quarteto mostra aqui é muito mais que isso. A começar pelas linhas de guitarras, com um timbre que bebe em fontes de nomes como Whiplash e Onslaught e solos excêntricos, a dupla Reinaldo Leal (também vocalista) e o misterioso LGC ainda adotam melodias fundamentais às composições.

A cozinha extremamente consistente ajuda no peso e nas quebradas aproveita pra destilar influências de Jazz, o que caiu perfeitamente na sonoridade da banda, mas é notada somente com muita atenção. É uma aula de como demonstrar técnica sem soar pretensioso e fazendo música cativante.

E o principal deleite de “Machina” é o fato de que em cada audição você encontra ainda mais detalhes e qualidades. The New Order of Disorder, A Máquina, Cloistered Life, Controversies of the War, Life Has no Meaning e Corrupt são os destaques, ou seja, dois terços do álbum. Muito bom!


9,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records