sexta-feira, 3 de julho de 2015

Drawers – “Drawers” – 2014 – Kaotoxin Records (Importado)

Este segundo disco dos franceses do Drawers é aquele tipo de trabalho que a cada audição você gosta mais e descobre coisas novas. De longe não é um disco indigesto, mas não soa como a música mais acessível do mundo, já que a banda não aposta em uma sonoridade comum.

O que temos aqui é uma mescla de Sludge com Stoner Metal, mas que foge um pouco do comum, pois a banda não carrega climas tão ‘nebulosos’ e nem melancólicos em sua música. Podemos dizer que a sonoridade da banda transpira emoção, talvez devido à boa dose de melodia inclusa.

Sim, há guitarras com afinação baixa, um pouco sujas, além de baixo distorcido e uma bateria cheia de pegada. Mas, além dos diferenciais já mencionados, a banda possui ‘feeling’, coisa que muitas do estilo esquecem na hora de executá-lo. Outro fator interessante é que o cantor Niko Bastide varia entre roucos e limpos vocais, dando ainda mais qualidade ao trabalho.

Mourning, It's All About Love, Shadow Dancers e Words são os destaques, mas em se tratando de um disco de várias audições sempre surge uma favorita diferente em cada uma delas. Pode ser que o leitor estranhe o disco nas primeiras audições, mas insista que o trabalho é muito bom!


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records