quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Necrotério – “Gory Visions and Hallucinations” – 2015 - Host Horror Productions (Nacional)

E lá se vão 13 anos desde o lançamento de “A Rotten Pile of Dead Humans” (2002), até então último álbum de estúdio dos paranaenses do Necrotério, que entre este e o novo aqui “Gory Visions and Hallucinations”, lançou somente o vídeo “A Decade of Laceration: 10 Splattered Years Live” em 2004.

Mas, quem pensou que a banda tinha acabado se enganou, pois apenas adormeceram um tempo e retornaram praticamente com a mesma essência e membros clássicos de sua formação, estreando apenas o baixista Edgar Mol.

O Death/Grind do quarteto está intacto em sua essência, mantendo a chama Gore/Splatter de suas letras acesa e mostrando ainda mais precisão na execução de suas composições. As guitarras de Marcos Lima se mostram ainda mais mórbidas, com riffs agressivos, mas fúnebres e muito bem elaborados.

O baixo do já citado Mol enfatiza o peso como pouco se vê no estilo, já que é pulsante e segue linhas densas acompanhando a bateria correta de Emerson Lima que parece calma nos momentos mais cadenciados, mas possui uma ‘metranca’ sensacional. Quem urra aqui é Evandro Maidl (Kaapora) que antes era baixista e ‘backing vocal’ da banda, mas agora destrói com um gutural que, vez ou outra, dá espaço para um rasgado insano.

Além de manter a aura obscura e soturna em seu som (algo que sempre diferenciou a banda de outras do estilo), o Necrotério injetou leves doses de ‘groove’ e levadas mais dinâmicas em algumas de suas composições, o que pode ser notado em Immersed in Blood (ótimo refrão), na cantada em espanhol El Carnicero (obsesión por la sangre) e Sorrow Tears and Blood. Ainda vale mencionar Psycho Murderer que foi escolhida como música para o videoclipe. Que a banda não adormeça novamente tão cedo.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records