sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

W.A.S.P. – “Dominator”

(2007/2015 – Relançamento – Nacional)
                                
Shinigami Records

Junto ao lançamento do excelente e mais recente disco do W.A.S.P., “Golgotha”, lançado no ano passado, a gravadora brasileira Shinigami Records também trouxe ao Brasil os álbuns “Dominator” (2007) e “Babylon” (2009). Isto é, a trinca que mantém a chama do W.A.S.P. acesa.

Após a saga insossa dos “The Neon God”, a banda retomou sua fórmula tradicional e destilou seu tradicional Hard ‘n’ Heavy com maestria em “Dominator”, disco que abordou em sua maior parte o sistema político contestável de George W. Bush, presidente dos EUA na época.

O instrumental mantém aquela essência tradicional da banda, porém com uma dose extra de técnica foi adicionada à sua sonoridade exatamente a partir deste lançamento. Afinal, é latente o talento de Doug Blair (guitarra), Mike Duda (baixo) e Mike Dupke (bateria), sendo que somente o último não acompanha o líder e mentor Blackie Lawless (vocal/guitarra) até os dias atuais.

Talvez pela relevância de seus temas e mesmo sendo um disco bem característico, “Dominator” possui uma aura obscura e mais séria. Até os vocais de Lawless, mesmo mostrando seu tradicional timbre, soa um pouco mais grave e a interpretação é intimidadora. Claro, que é um diferencial e não algo negativo.

Se o leitor prefere canções que seguem a tradicional linha do W.A.S.P. permita-se ouvir faixas como Mercy, Long, Long Way To Go e Teacher. As diferenciadas e com certeza impactantes ficam por conta de Take Me Up e a balada Heaven's Hung in Black, além da Heavy Metal com guitarras cavalgadas The Burning Man. Um típico disco do W.A.S.P. com alguma inovação aqui e acolá.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records