terça-feira, 7 de agosto de 2018

Demon – “The Unexpected Guest”


(1982 – 2018 – Relançamento – Nacional)

Hellion Records

É essencial no Metal preservar as raízes do estilo. Por mais que haja resistência da garotada que vem chegando agora, não tem como o estilo sobreviver sem saber de onde vem sua essência, pois nada existiria sem certas bandas. No caso do Demon, é uma formação que influenciou nomes que hoje já influenciam outras. Por exemplo, Blind Guardian, Metallica...

Este é o segundo disco da banda, que chega ao Brasil através de relançamento da gravadora Hellion Records (pela segunda vez), e mostra como o Demon é uma banda gigante musicalmente. Trilhando os caminhos da NWOBHM (New Wave of British Heavy Metal), o diferencial do grupo – que está em atividade até hoje – era a pegada Hard Rock e energia pra cima, mesmo utilizando tal alcunha.

Lançado em 1982, o trabalho sucede “Night of the Demon”, o ótimo debut (que também foi relançado pela Hellion e logo estará em nossas páginas), e tinha a missão de manter o sucesso de seu antecessor, coisa que em conteúdo foi praticamente fácil. Afinal, “The Unexpected Guest” tornou-se o maior sucesso comercial da banda.

Não fosse por menos, pois o Demon conseguia fazer um Heavy Metal acessível, mas que mantinha a agressividade do estilo e ainda envolto de melodias cativantes, e refrãos grudentos. Tudo ditado por bases sólidas de guitarras, harmonias simples e uma cozinha poderosa, que mostrava que o básico podia e pode ser essencial.

Tudo isso se reflete em excelentes composições como os clássicos Don’t Break The Circle, Total Possession, Have We Been Here Before? e Deliver Us from Evil. Essa versão nacional ainda traz como bônus quatro composições, sendo uma regravação de 1988 para Don’t Break The Circle, e outras versões não aproveitadas de Have We Been Here Before?, Victim of Fortune e Strange Institution. Clássico.


9,5

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records