quinta-feira, 11 de abril de 2019

Arte News: PRIMATOR será uma das atrações do Triumph Of Metal Festival nesta sexta-feira


PRIMATOR será uma das atrações do Triumph Of Metal Festival nesta sexta-feira

No momento o grupo paulistano está em fase final de pré-produção de seu novo disco que será financiado com recursos do Wacken Foundation

"Poderosa, criativa, técnica e cheia de conteúdo" (Dossiê do Rock); "Transpira autenticidade" (Blog Na Mira);
"Mais um álbum para a lista de grandes lançamentos nacionais" (A Música
Continua a Mesma); "Extremamente bem feito!" (Música e Cinema);
"Muito bom!" (Arte Metal);
"Uma das melhores bandas de Heavy metal que nós escutamos na atualidade" (Resenha do Rock).

Essas foram algumas declarações que a banda paulistana de heavy metal tradicional Primator conquistou na imprensa especializada com seu disco de estreia, "Involution". O álbum também foi eleito um dos "Melhores Álbuns Nacionais de 2015" pelo Heavynroll, Mundo Metal e Roadie Metal e chegou a ser indicado para o Prêmio Dynamite na categoria "Melhor Álbum de Heavy Metal".
Essa positiva repercussão ao trabalho de estreia foi determinante para a mais importante conquista da banda até aqui: o Primator é a nova banda brasileira a ser patrocinada pelo programa Wacken Foundation!
O Wacken Foundation é uma organização alemã sem fins lucrativos criada para apoiar projetos de hard rock e heavy metal de todas as partes do mundo. A organização foi idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air (W:O:A), o maior festival de hard rock e heavy metal do planeta, e tem a missão de manter ativa a produção criativa nesse segmento e estimular novas bandas e projetos. Desde 2010 o Wacken Foundation passou a fazer contribuições em Euros para projetos de gravações de discos, turnês e até mesmo festivais. Os projetos podem ser enviados durante todo o ano e uma comissão de curadores avaliam os mais relevantes que virão a receber o apoio. A vocalista alemã Doro Pesch figura entre a equipe de curadores. Entre os doadores estão nomes como o de Alice Cooper que fez recentemente uma doação de US$ 10 mil à fundação.
Prevendo o início das gravações de seu novo disco de estúdio, o Primator apresentou um projeto ao Wacken Foundation e foi contemplado com uma soma em Euros que vai ajudar a financiar a produção. O grupo paulistano é a terceira banda brasileira a ser patrocinada pelo Wacken Foundation. Antes, apenas o Uganga e a banda itSELF foram contempladas.
“Com muita honra e alegria, teremos o aporte do Wacken Foundation para produção e gravação do novo trabalho. Reconhecimento este que certamente nos motiva a continuar nessa batalha diária, dessa vez atrelados ao nome do maior evento de heavy metal do mundo! Sinal de que estamos no caminho certo e que o Brasil ainda figura positivamente como um celeiro de talentos na cena mundial", comentou o vocalista do Primator, Rodrigo Sinopoli.
O novo disco do Primator que receberá o patrocínio do Wacken Foundation ainda não tem título definido, embora boa parte das músicas já esteja composta. Mais novidades sobre o novo trabalho e a parceria com o Wacken Foundation serão anunciadas em breve.
Entre outras novidades, o Primator, que além de Rodrigo conta com Márcio Dassié (guitarra), Felipe Fatarelli (guitarra), André Anjos (baixo) e Lucas Assunção (bateria), será uma das atrações do Triumph Of Metal Festival que acontece nesta sexta-feira, dia 12 de Abril, emPouso Alegre, sul de Minas Gerais.
Essa será a oitava edição e marca o retorno do festival depois de um hiato de cinco anos. Além do Primator, também se apresentam Tim “Ripper” Owens (ex-vocalista do Judas Priest), Golpe de Estado, Sinaya, Aberratio, Blacksmith e Motorizer.
A oitava edição do Triumph Of Metal Festival será realizada no Under Club situado na Rod.
JK/BR 459 – Km 103 – Bairro Fátima. Os portões serão abertos às 19h30 e os shows terão início a partir das 20h.
Os ingressos estão à venda online e vão de R$ 55,00 a R$ 65,00:
Outras informações podem ser obtidas na página do festival no Facebook:

Para ouvir “Involution” do Primator nas plataformas de música, acesse:
Google Play: http://bit.ly/2G3xQzm

Assista também o videoclipe da música “To Mars”:

Mais Informações:


SPIRITUAL HATE: Com nova formação anunciada, banda inicia os trabalhos de um novo álbum

A banda paulista de Death/Black Metal SPIRITUAL HATE começou o ano de 2019 com tudo e, em suas redes sociais, apresentaram de forma oficial sua nova formação.

Trata-se do ingresso dos músicos Marcelo Noktuz (baixo) e Malus Peior Pessimus (bateria), que agora se juntam a Magnus Hellhound (vocal e guitarra) e F. Blackmortem (guitarra), para iniciar os trabalhos de composição, gravação e produção do vindouro álbum.

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/SPIRITUAL_HATE_mtg_Lo_res.jpg

O guitarrista F. Blackmortem, em entrevista recente ao site Chama do Metal, comentou um pouco mais sobre esta nova fase do grupo: “Marcelo Noktuz é o novo baixista ótimo musico tocou em algumas bandas pelo underground, nos conhecemos há algum tempo temos uma boa afinidade fiz o convite a ele e deu tudo muito certo. Malus é um excelente baterista temos uma amizade de 10 anos e esse foi o momento certo pra ele se integrar a banda, foi baterista do Agouro e Ocultan, além de outras bandas bem conhecidas, também é produtor estamos em outro projeto juntos caiu como uma luva para nós.”

Confira: http://www.chamadometal.com/2019/03/spiritual-hate-entrevista-exclusiva-com.html

Encontre o atual álbum, “Diabolical Dominium”, nas principais plataformas digitais:


BURN ARTWORKS: Split Album das bandas Pandemmy e Abscendent tem capa assinada pela empresa

Mais um trabalho bem-sucedido apresentado pela empresa de Artes Gráficas para bandas e eventos de Metal BURN ARTWORKS.

Estamos falando da capa do Split Album dos pernambucanos do Pandemmy, que será lançado em parceria com a banda italiana Abscendent, intitulado “Obliteration”, confira:

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/PANDEMMY_Obliteration.jpg

Artistas interessados em saber mais sobre o trabalho da BURN ARTWORKS acesse www.burnartworks.com.

Em paralelo, o artista Alcides Burn estará com sua exposição “Em Chamas” no ‘Abril Pro Rock 2019’ que se inicia nesta sexta-feira, dia 12/04. Além desta mostra de artes, estarão presentes no evento as bandas Malkuth, Camus, Maestrick, Jackdevil, Malefactor e a finlandesa Amorphis. Para mais informações, acesse: https://www.facebook.com/events/2128866420757039/

Agenda “Em Chamas – A Arte de Alcides Burn”:
12-19-20 de abril de 2019 – Abril Pro Rock - Recife/PE
18 de maio de 2019 – The Ripper Fest – Natal/RN
Dezembro (data a confirmar) - Surubim Rock Fest – Surubim/PE

Produtores interessados em criar um evento diferenciado e levar esta rica exposição até sua cidade, escreva para alcidesburn@gmail.com.

Contato BURN ARTWORK: 
alcidesburn@gmail.com
Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/pandemmyofficial/
https://www.facebook.com/Abscendent/
http://www.burnartworks.com/
https://www.facebook.com/alcides.burn
https://www.instagram.com/alcidesburn/
https://sanguefrioproducoes.com/clientes-corporativos/BURNARTWORKS/27



ASKE: “Broken Vow” segue ganhando forte destaque dentre a imprensa especializada, confira!

O duo paulista de Death Metal ASKE já iniciou os trabalhos de composição e produção para o tão aguardado novo álbum, ainda sem previsão de lançamento.

Mesmo assim, seu atual EP “Broken Vow” (2017), segue ganhando um forte destaque na imprensa especializada, chegando inclusive no Canadá, onde foi muito bem avaliado pelo site The Headbanging Moose, confira as novas resenhas:
“mostra um amadurecimento constante” - Portal do Inferno: http://www.portaldoinferno.com.br/reviews/aske-broken-vow.html
“Altamente recomendado para os amantes da música extrema” – Rio Metal Press: https://riometalpress.com/2018/07/17/aske-broken-vow/
“é uma bela obra para a vertente Death Metal” – Metal No Papel: https://www.metalnopapel.com/single-post/2018/09/13/ASKE-%E2%80%93-Broken-Vow-EP
“soando verdadeiramente bestial e agressivo do início ao fim” – The Headbanging Moose (CAN): https://theheadbangingmoose.wordpress.com/2017/12/26/album-review-aske-broken-vow-ep-2017/
“Banda está um nível acima” – Underground Extremo: http://www.undergroundextremo.com/2019/02/dissecando-eps-07-broken-vow-aske.html
“credencia-se como um nome fortíssimo na cena do metal negro nacional” – O SubSolo: http://www.osubsolo.com/2019/03/resenha-broken-vow-aske-2017.html

Acompanhe TODAS as resenhas, entrevistas e matérias especiais do ASKE acessando o clipping oficial da banda pelo link a seguir: https://sanguefrioproducoes.com/upload/clipping/Aske.pdf

Em paralelo, recentemente a banda concedeu uma ótima entrevista ao site ao programa ‘Hail And Kill Pará’, onde Filipe Salvini (baixo e vocal) e Lucas Duarte (guitarra) falaram um pouco sobre a atual formação, shows, influências, cenário do Metal Extremo brasileiro, projetos futuros e muito mais, confira: https://www.mixcloud.com/hailandkillpara/44-programa-hail-and-kill-pará-rádio-rockmetal-especial-aske/

Ouça “Broken Vow” na íntegra pelo YouTube: https://youtu.be/_3Qe9yo3H54

Encontre nas demais plataformas digitais:


NECROWAR: veteranos do Thrash Metal carioca fecham assessoria com a Roadie Metal
Com 18 anos de história, a banda Necrowar é um dos pilares do Thrash/Death metal do interior do Rio de Janeiro. Executando músicas com temáticas de guerra, o grupo consegue aliar força, velocidade, cadência e técnica de forma precisa.
Atualmente a banda vem se preparando para divulgar oficialmente o lançamento de seu novo EP “Verdict” que será disponibilizado em várias plataformas de Streaming. Além desse EP que já está todo produzido, gravado e masterizado, a banda já está trabalhando em novas composições e tudo indica que ainda em 2019, algumas novidades estarão sendo expostas pela banda.

Após um período de atividades internas de composição e produção do mais novo material, o Necrowar está na ativa para shows e tours para divulgação de sua proposta musical. Aproveitando o bom momento, a banda anuncia o fechamento com a Roadie MetalAssessoria, que, a partir de agora, será a responsável por fomentar, divulgar e distribuir tudo relacionado aos trabalhos do Necrowar.

Confira o mais recente vídeo que a banda liberou em seu canal no YouTube para a música “Victims of Ambition”:

Necrowar é formado por:
Vinícius Salum: Vocal/Guitarra
Ewerton Silva: Guitarra
Gilliardy Souza: Baixo/Voz
Danilo Amorin: Bateria

Mais informações:


Rock in Rio: SIOUX 66 se apresentará no Rock District


Além de músicas novas, grupo paulistano de hard rock homenageará bandas que fizeram história no Rock In Rio


Criado na edição de 2017 do Rock in Rio, o Rock District, um bairro dentro das dependências do festival, contará com a presença da banda paulistana Sioux 66, que se apresentará no dia 4 de outubro (sexta-feira). Tendo dois álbuns na bagagem – "Diante Do Inferno" (2013) e "Caos" (2016), além do EP "Sioux 66" (2012) e do single "A Hora é Essa" (2018) –, o grupo já realizou shows ao lado de ícones como Aerosmith e Papa Roach.

Além de preparar o  sucessor de "Caos" (CD, 2016), Igor Godoi (vocal), Bento Mello e Yohan Kisser (guitarras), Fabio Bonnies (baixo) e Gabriel Haddad (bateria) seguem nos palcos e, agora, mais animados com a inclusão em mais um evento de grande porte. "Poder tocar no Rock in Rio é a realização de um sonho, não apenas profissionalmente, mas também como fãs de rock. Todos nós já estivemos na plateia do festival no papel de fãs, assistindo bandas que amamos e nos influenciaram, mas agora estaremos lá tocando", comemorou o baixista Fabio Bonnies. "Nosso show será um pouco diferente. Além de músicas novas que estamos preparando, iremos homenagear bandas que fizeram parte da história do Rock In Rio. Vai ser incrível!", acrescentou.

Veja o vídeo ao vivo de "Caos" em https://youtu.be/wIM3R5dklOA

Site relacionado: https://www.facebook.com/sioux66oficial

Contatos:
> YOUTUBE: canalsioux66 e Sioux66VEVO
> INSTAGRAM: @sioux66oficial
> TWITTER: @sioux_66

Shows: f.gorgatti@gmail.com / (11) 97281-7265


AMESLARI: “‘Song For The Brokenhearted’” foi composta para ser épica e encerrar meus shows”, explica artista revelação do Rock nacional
Uma das principais características da proposta musical de Ameslari é a entrega de emoções do músico nas letras e nos arranjos enérgicos que foram criados para o primeiro registro de estúdio (EP homônimo lançado em 2017).
A faixa de abertura do EP, “Song For The Brokenhearted”, aborda em sua letra a dificuldade de se perder alguém que se ama. Em sua construção, a ideia central é apresentar alguém consolando outro alguém que sofre pelo fim de seu relacionamento.
Ameslari explica como foi criada essa faixa e a intenção que ela tem em seus shows: “A letra conta essa história de uma pessoa consolando outra que terminou um relacionamento, que foi algo que me veio na cabeça a partir do nome. Em termos musicais ela é uma das mais fortes que já escrevi, por isso sempre pensei nela pra ser o encerramento de shows”
Song For The Brokenhearted” pode ser conferida em todas as plataformas de Streaming e em uma versão ao vivo que o artista disponibilizou em seu canal no YouTube. Confira:

Mais informações:
Site Oficial: ameslari.com 


FACING FEAR: shows em São Paulo são marcados em prol de Raphael Dantas
Com a chuva que castigou o Rio de Janeiro/RJ na noite de 8 de abril, causando inundações, desabrigados, deslizamentos e mortes veio a notícia de que o guitarrista da Facing FearRaphael Dantas, foi um dos atingidos pelas precipitações pluviais. Veja matéria no link:
Membros da banda abriram no site Vakinha.com uma campanha de arrecadação de verba para ajudar o colega a recuperar seus bens. Fãs, amigos e outras pessoas começaram a contribuir com quantias que serão arrecadadas até o mês de julho. Segue o link da vaquinha:
Em São Paulo, um evento de dois dias foi marcado no intuito de somar com a campanha. A primeira parte do “In Union We Stand” será realizada no dia 27 de abril (sábado), no Caveira Velha Rock Bar, a partir das 17h00, com as bandas FlageladorBiterHell on Wheels e Living Metal. O endereço fica na Rua Dona Elvira Simone Donega, 39, Jandira/SP.
A segunda etapa ficou marcada para o dia 4 de maio (sábado), no Rancho do Rock in Roll, a partir das 19h00, com as bandas BreakoutTëaserChromeskullStrong Savage e Gämn. O rancho fica na Rodovia Armando Salles, 376, Itapecerica da Serra/SP.
O valor da entrada em cada local será de R$ 5,00 e a renda da bilheteria será destinada à campanha de apoio ao Raphael e sua família. Valores acima do estipulado também serão destinados ao ato solidário. Participe!
SERVIÇO:
In Union We Stand – Jandira
Bandas: Flagelador, Biter, Hell on Wheels e Living Metal
Data: 27 de abril de 2019, 17h00
Local: Caveira Velha Rock Bar – Rua Dona Elvira Simone Donega, 39, Jandira/SP
Entrada: R$ 5,00
In Union We Stand – Itapecerica da Serra
Bandas: Breakout, Tëaser, Chromeskull, Strong Savage e Gämn
Data: 4 de maio de 2019, 19h00
Local: Racho do Rock in Roll – Rodovia Armando Salles, 376, Itapecerica da Serra/SP
Entrada: R$ 5,00


APOCALYPSE: Todas as informações sobre o show no Opinião neste sábado
Dando sequência nos shows de divulgação de “The 35th Anniversary Concert” a banda gaúcha APOCALYPSEtocará neste sábado, 13/04, na tradicional Rock n’ Bira Open Bar, no Opinião, em Porto Alegre. Uma das bandas brasileiras com maior tempo de estrada, o APOCALYPSE celebra seus 35 anos, todos eles dedicados ao rock numa carreira com diversos álbuns lançados no exterior, bem como o show histórico no festival americano ProgDay99 que rendeu um álbum duplo ao vivo. A banda tem em sua formação Gustavo Demarchi (vocal), Ruy Fritsch (guitarra), Eloy Fritsch (teclados), Daniel Motta (baixo) e Rainer Steiner (bateria).

Na sexta passada, 05/04, a banda participou do Programa Radar, da TVE, divulgando o novo lançamento e também o show no Rock n’ Bira deste sábado. Na ocasião, tocaram “Not Like You”, gravada nesse novo álbum que estão lançando.

Assista “Not Like You” no Radar:

Ouça o novo álbum no Spotify:
https://spoti.fi/2Ic0Wjh

APOCALYPSE representará as bandas autorais, enquanto as seguintes bandas farão tributos a nomes clássicos do rock/metal mundial: Lower (Alice in Chains cover), Rock ‘n’ Roll Train (Led Zeppelin cover), Off! (Red Hot Chili Peppers cover) e Domination (Pantera cover). Nos intervalos entre as apresentações ao vivo, Ricardinho F. (residente e fundador da Rock N’ Bira) e Barbosinha (residente do Opinião) assumem o som para propiciar uma vasta seleção de rock de todos os gêneros e épocas.

Para beber, o público terá à disposição a cerveja HEINEKEN e a cerveja EISENBAHN PILSEN, o Combo Rock n’ Bira (vodka com energético) Vodka Orloff, Whisky Natu, água e refrigerantes – tudo liberado (das 23h às 5h) e, para quem optar por um outro tipo de cerveja, há a Área VIP - Cervejas Especiais Eisenbahn por um valor diferenciado (confira abaixo) e com diferentes tipos de cerveja como a Weiss, Dunkel, entre outras de acordo com a disponibilidade e estoque.

RESUMO
O quê: Estúdio Dahm apresenta ROCK N’ BIRA OPEN BAR
Onde: Opinião (José do Patrocínio, 834)
Quando: sábado, dia 13 de abril – 23h
Quanto: Antecipado Pista 1º lote R$65, 2º lote R$70, Área VIP 1º lote R$75, 2º lote R$80 / Na hora Pista R$75 e Área Vip R$85

Mais informações no evento:

Contatos:
Facebook: www.facebook.com/ApocalypseProg
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


PUSSY RIOT traz revolução punk a São Paulo no dia 20 de abril

Coletivo ativista russo é a atração principal do festival Garotas à Frente, que também terá workshops, exposições e vendas de livros

Foto: Sasha Sofeev

O pertinente ativismo do coletivo Pussy Riot aos poucos extrapolou as fronteiras da terra natal, a Rússia. Mesmo antes de ganhar espaço nos noticiários de todo o mundo por ter realizado uma intervenção artística no campo de futebol onde aconteceu a final da Copa do Mundo, o grupo já fortalece pelo globo suas posições contrárias a governos autoritários e ao sexismo. Não à toa é a atração principal do festival Garotas à Frente, que a Powerline realiza no dia 20 de abril (sábado) no Fabrique Club, em São Paulo, ao lado de mais uma série de atividades relacionadas ao ativismo e feminismo.

O Garotas à Frente é um festival multimídia que celebra a participação ativa das mulheres em todos os âmbitos da sociedade. Mais do que feministas, as mulheres de hoje são seres políticos que reivindicam e ocupam os lugares que escolhem no mundo, questionando papéis de gênero tradicionais, posições de trabalho onde são minoria e se expressando sem pudores através de moda, cultura e artes. O festival terá shows, exposição e workshop de produção de lambe e stêncil ministrado pelas garotas do Girls Rock Camp Brazil.

O evento leva o nome do livro que será lançado pela Powerline, Garotas à Frente, tradução do livro Girls To The Front de Sara Marcus que conta a cena riot girl americana encabeçada pelo Bikini Kill. No dia também rolará o lançamento do livro Read and Riot, da Nadya Tolokonnikova, umas das fundadoras do Pussy Riot.

Quanto as russas do Pussy Riot, sua apresentação mistura arte e letras anti-Pútin, anti-indústria farmacêutica, pró-liberdade de decisões sobre o próprio corpo, entre outros temas, cantadas furiosamente sobre bases sampleadas de músicas punk. A banda Bikini Kill, que criou e liderou o movimento Riot Grrrl nos anos 90 é, declaradamente, a grande fonte de inspiração, muito embora suas bases não estejam no repertório. O show de abertura será da banda Sapataria, de São Paulo.

Outra atração será a oficina de stencil e lambe do Girls Rock Camp Brasil, um acampamento de férias musical para meninas de 7 a 17 anos, de Sorocaba. As fantásticas Mathiza e Simone Siss vão orientar as participantes no processo criativo e produção e as obras feitas no dia serão expostas no local. A oficina é gratuita, acontece das 15 às 17 horas, e não dá acesso aos shows do festival. Todas as vagas já estão preenchidas.

O Fabrique também abrigará uma exposição, com ilustrações, lambes, tirinhas, grafites e contará com artistas como Atóxico/ Renata Nolasco, Solar Shana Precária e Jane Herkenhoff. A Renata Nolasco (Atóxico / Renata Nolasco) será uma das participantes. Coincidentemente, sua primeira publicação foi o fanzine “Grrrls to The Front: Manifesto Riot Girl Ilustrado” no Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ) em 2015.

Outro nome da exposição é a arte das Guerrilla Girls, um coletivo de arte fundado em 1985 e uma das principais vozes contra o preconceito no cenário artístico. Elas repensam o lugar da mulher na arte questionando a presença de artistas mulheres em grandes instituições de arte e museus pelo mundo. Em 2017, ganhou uma exposição individual no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp).

Sobre o livro Garotas à Frente
Escrito pela jornalista Sara Marcus, ela própria parte da brigada de riot grrrls que se espalhou pelos EUA nos anos 90, o livro Garotas à Frente: Como realmente aconteceu a revolução Riot Grrl conta, com riqueza de pesquisa e entrevistas, a história do movimento criado por Kathleen Hannah e Tobi Vail, do Bikini Kill, durante a terceira onda do feminismo, batizada de “revolução ao estilo das garotas” ou Riot Grrrl.

Estão lá também outras bandas como o Bratmobile, o Heavens to Betsy, o embrião do Sleater Kinney, a relação das Bikini Kill com o Nirvana, a admiração do Ian MacKaye por elas, além de trazer um recorte das algumas dezenas de milhares de zines que circularam pelos EUA nos anos 90. O livro é sincero, e além de relatar uma trajetória de sucesso se aprofunda nas dificuldades encontradas pelas meninas, as discordâncias internas e eventualmente, em como o Girl Power foi cooptado pela mídia e pela indústria, ao mesmo tempo amplificando e abalando o ethos original.

O relato dinâmico de um movimento criado por garotas com paciência zero para o sexismo e nenhuma intenção de manter o silêncio.

“Garotas à frente não é apenas um documento histórico do movimento Riot Grrrl, que deu início à cena punk feminista e DIY, mas também uma inspiração tremenda para uma nova geração de garotas rebeldes e empoderadas.”
— Vanity Fair

“O feminismo parece mudar a cada cinco anos. É difícil compreender o movimento. Mas você não precisa de todo o tempo do mundo para capturar a ideia e a energia dele, e o livro de Sara Marcus canaliza aquilo que você precisa para o transformar em algo seu. Garotas à frente não funciona apenas para manter a chama acesa: ele desperta o fogo em você.”
— Kim Gordon

Sobre a autora
Sara Marcus é uma escritora e musicista que vive no Brooklyn, em Nova York. Seus textos figuram em publicações como Slate, Time Out New York, The Advocate, The Philadelphia Inquirer e Heeb, na qual ela foi editora de política por cinco anos. Sara possui o título de MFA (Master of Fine Arts) pela Columbia University.

Serviço
Pussy Riot no festival Garotas à Frente
Data: 20 de abril de 2019
Horário: a partir das 16 horas
Local: Fabrique Club
Endereço, Rua Barra Funda, 1071 (Barra Funda - SP)
Ingressos online: R$ 80,00 (1º lote - promocional e estudante), R$ 100,00 (2º lote - promocional e estudante)
Censura: 12 anos


ESSENCE OF SORROW lança lyric vídeo de faixa inédita “Breach My Despair”

A banda Essence of Sorrow acaba de lançar lyric vídeo da inédita faixa “Breach My Despair” e em todas as plataformas digitais. A músicas faz parte do novo álbum e que será lançado ainda este ano e é a primeira gravação divulgada com o vocalista German Pascual, conhecido dos brasileiros pelo seu trabalho no Narnia e também na carreira solo. A música é uma composição de Jani Stefanovic e German Pascual e foi mixada na Finlândia, no Dreamdecipher Productions.

Assista o lyric vídeo de “Breach My Despair”: https://www.youtube.com/watch?v=AF403bsC1Ik

Atualmente o grupo é formado por Jani Stefanovic (Solution .45, Miseration) nas guitarras, Rolf Pilve (Stratovarius, Solution. 45) na bateria, Tom Gardiner (ex. Solution .45, ex. Hateform, ex. Red Eleven) nas guitarras, German Pascual (ex. Narnia, ex. Mind´s Eye, ex. Empire 21) no vocal e Jaakko Nikko (Reversion, System Horizon) no baixo.

Fundada pelo guitarrista Jani Stefanovic, a banda Essence of Sorrow lançou seu álbum de estreia ‘Reflections of the Obscure’ em 2006 apresentando tanto Mats Levén (ex.Yngwie Malmsteen, Gus G, ex.Therion, Candlemass) e Christian Palin (ex.Adagio) nos vocais. Devido a agenda lotada de Mats, o vocalista Christian Palin fez os shows de divulgação sozinho. Após turnê na Escandinávia e no norte da Europa, a banda deu uma parada nos trabalhos para que cada um dos integrantes estivessem disponíveis e livres.

Depois de dez anos do primeiro álbum, a Essence of Sorrow voltou à ativa e garante que está compondo músicas para o mais novo álbum, ainda sem data de lançamento. O novo vocalista, Germán Pascual, se encontra em processo de composição com os integrantes remanescentes e promete muita qualidade neste novo trabalho.

“É uma grande honra fazer parte dessa banda. O primeiro álbum foi sensacional e posso garantir que o próximo CD da banda também vai detonar. Vai estar ainda mais pesado. Isso eu garanto!”, disse o vocalista Germán Pascual. “A nova música é sensacional e foi uma honra gravar com músicos tão talentosos e amigos”, completou.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/essenceofsorrow/


ROCK MEETING: Exclusivo Age of Artemis

Abril chegou e a Rock Meeting traz uma entrevista exclusiva com o Age of Artemis. Com cd novo na praça, ouvimos e discutimos um pouco sobre esse play com a banda.

Ainda nessa toada, entrevistas com The Secret Society, Everside e com o idealizador do projeto social Alma de Batera. Sem contar a cobertura especial dos principais shows que aconteceram no Brasil como Saxon, Leprous, Enslaved, Lacrimosa e Dee Snider. Ainda contamos com um apanhado do que melhor aconteceu em Barcelona.

Para os amantes de tatuagens, trazemos a coluna Skin, em parceria com o Wonder Girls. Nesta edição fala sobre a mentira.
 
RM Collection Six

Oriunda do Nordeste do Brasil, a Rock Meeting assume a responsabilidade de divulgar o que há de bom na região, por isso há seis anos vem lançando uma coletânea com a premissa de promover as bandas locais.

A RMCollection Six conta com 21 bandas, dos mais variados estilos, representando todos os estados nordestinos.  E você pode baixar esta e as outras edições em nosso site, é totalmente gratuito.


Free download

Outro destaque vai para a revista Meeting Hell. Uma grande parceria da Rock Meeting com a Hell Divine. A capa e a logomarca dessa união foram feitas pelo renomado designer Gustavo Sazes.

Acesse - www.rockmeeting.net 
Free Download - http://bit.ly/RockMeeting115


THE EXPLOITED: lendária banda de Punk Rock britânica se apresenta dia 12 de junho em Curitiba/PR
Fundada em 1979, a banda The Exploited está próxima de aportar no Brasil para uma série de shows no país. O grupo escocês é considerado um dos mais importantes do Punk Rock mundial.

Abordando temas politizados que embatem a mediocridade e corrupção política, assim como violência da polícia, guerras e religião, chega ao Brasil em junho e no dia 12 se apresenta em Curitiba/PR em show único na capital paranaense.

The Exploited prepara um repertório recheado de clássicos de toda sua discografia, e, espera que o público compareça em peso para um show agressivo e pesado, assim como, proposto na sonoridade da banda.

O evento será realizado no “Jokers” e contará com outras bandas locais e duas atrações deSão Paulo. Além do The Exploited, o Bloqueio Mental, Repelentes, Filhos de Inácio (SP) e Wolfgang Ink (SP), se apresentam no evento que tem tudo para ser um dos mais importantes do estilo já feitos na cidade.

Chegue cedo e confira todas as apresentações!

Serviço:
Evento: The Exploited em Curitiba/PR
Atrações: The Exploited – Bloqueio Mental – Filhos de Inácio – Repelentes – Wolfgang Ink
Local: Jokers
Endereço: R: São Francisco – 164 – Curitiba/PR
Data: 12 de junho de 2019
Custo: 1º Lote – R$120,00 / 2º Lote – R$150,00
Compre seu ingresso: www.sympla.com.br
Horário: 21:00
Mais informações:


AGE OF ARTEMIS é capa da revista Rock Meeting e promete promoção no Record Store Day

A banda Age of Artemis tem orgulho em informar que é capa da nova edição Nº 115 da revista Rock Meeting. Na entrevista, os músicos destrincham o novo álbum “Monomyth”, que acaba de ser lançado em todas as plataformas digitais como Spotify, Deezer, Google Play, ITunes e outras. No Brasil, o álbum foi lançado com o apoio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura. Além da capa na revista, a banda anuncia que realizará uma promoção para os fãs na Record Store Day (evento que celebra a cultura de se comprar discos em lojas independentes), dia 13 de Abril (sábado), para quem quiser comprar o novo disco no site oficial.

Confira um trecho da entrevista da Age of Artemis na Rock Meeting:
Acesse – http://www.rockmeeting.net/
Free Download – http://bit.ly/RockMeeting115

[Texto Pei Fon] No início de 2019, o baixista do Age of Artemis, Giovanni Senna, me conta que o novo cd da banda estava por sair e me convidou para escutar o novo álbum. Logicamente fiquei bastante contente, ter essa confiança e credibilidade é para poucos e isso é construído com o tempo, com trabalho e honestidade. Diante disso, escutei ‘Monomyth’. Tirei minhas impressões e comecei a tirar minhas dúvidas com a banda, que hoje é formada por Pedro Campos (vocal), Giovanni Senna (baixo), Riccardo Linassi (bateria), Jeff Castro (guitarra) e Gabriel Soto (guitarra). Confira agora o que perguntei aos caras.

Novo CD já pronto. Como vocês apresentam ‘Monomyth’?
Giovanni Sena – Posso afirmar que “Monomyth” é o álbum que melhor nos representa. O álbum nos mostra de uma forma natural. Acredito que evoluímos a tal ponto de termos a nossa própria voz. Talvez tenho essa percepção pelo fato de estarmos mais experientes, para não dizer que estamos mais velhos, e pela vontade de contribuir com a música pesada no Brasil.


Escute o álbum “Monomyth” nas plataformas digitais:
Spotify – https://spoti.fi/2WHCcCD
Deezer – https://bit.ly/2YJh0Ot

Compre o álbum no site oficial da Age of Artemis: https://ageofartemis.loja2.com.br/

A Age of Artemis é formada por Pedro Campos (vocal), Giovanni Sena (baixo), Jeff Castro (guitarra), Gabriel Soto (guitarra) e Riccardo Linassi (bateria). A capa foi desenhada por João Duarte. “Monomyth é o trabalho que melhor nos representa. Estamos muito felizes com o resultado e acredito que iremos surpreender muita gente”, disse Giovanni Sena.

O álbum “Monomyth” teve os violões, bateria, percussão e vocal gravados no “G2D Producoes Musicais” em Brasília, DF – Brasil, entre os meses de Maio e Julho de 2018 com os engenheiros de som Deniel Moraes e Gregoree Jr. Todos os baixos, guitarras elétricas e teclados foram gravados no “GT&L Studio” em Brasília, DF com a supervisão de Giovanni Sena. A mixagem e masterização foi realizada por Damien Rainaud no “Mix Unlimited” em Los Angeles, CA – USA, entre os meses de Agosto e Setembro de 2018.

Age of Artemis – “Monomyth” – Tracklist:
01 – Status Quo
02 – The Calling
03 – Helping Hand
04 – Unknown Strength
05 – Lightning Strikes
06 – The Call of The Fear
07 – Reborn
08 – Endless Fight
09 – What Really Matters
10 – Where Love Grows
11 – A Great Day to Live
12 – Prelude to a New World

Mais informações:
http://www.ageofartemis.com.br/
https://www.facebook.com/ageofartemis


AGONY VOICES: disponibiliza música “Delusions of Death” com temática sobre os medos e desejos do ser-humano
Uma das músicas que apresentam maior densidade em seu andamento, peso e progressões de Doom Metal, do álbum “Mankind’s Glory” do Agony Voices, é a faixa “Delusions of Death”.

Tudo isso é notório ao se escutar o álbum de ponta a ponta, sendo possível identificar que o Agnoy Voices não se limita musicalmente, o grupo compõe com muito talento, arranjos ousados e diferenciados em todas as suas obras, tanto em “The Sin”, quanto em “Mankind’s Glory”, é perceptível reconhecer passagens de Death, Doom, Progressive, Gotic e Heavy Metal nas estruturas harmônicas das músicas.

E a faixa em questão, é uma que sintetiza o lado mais sombrio e melancólico da banda. Em sua temática, o grupo se inspirou no livro “Broqueis” do escritorCruz e Souza, escrito em 1983. Abordando o sofrimento, pessimismo, misticismo, sensualidade, morte e temas da introspecção humana, “Delusions of Death”, é a pedida certeira para quem curte música pesado e introspectiva.

Apresentando todas essas nuances que envolvem a música, o Agony Voices, libera a faixa em sua integra, em track individual, para que os fãs escutem o conteúdo no canal oficial do grupo no YouTube. Confira:

Agony Voices é formado por:
Jonathan – Vocal
Barasko – Guitarra
Silvia – Guitarra
Luiz – Bateria
Valda – Baixo

Mais informações:


HARD:ON lança 'Bad Habits Never Die', seu segundo álbum


"Bad Habits Never Die" sucede o debut "Hård:On", que obteve destaque como um dos melhores do hard rock brasileiro de 2016


"Bad Habits Never Die", segundo álbum do Hard:On, está disponível para audição no YouTube. A produção das nove faixas do material, que será lançado pela Shinigami Records, foi feita pela banda, ao lado do renomado produtor José "Heavy" Luís Carrato (SP Metal, Ratos de Porão, Platina, A Chave do Sol, Gueto, Camisa de Vênus, Inocentes e outros). A parte instrumental foi registrada no Rocks Studio (SP) e as vozes no Cubic Sun Studios, em Berlim (ALE). "Exploramos novos estilos dentro do hard'n'heavy para as novas composições, mas sem perder a essência 80's do Hard:On", explicou o vocalista Chris Hoff. "A ideia foi manter a linha do primeiro disco, mas com uma gravação mais aprimorada. Buscamos uma produção rica em timbres e minuciosa em detalhes, mas com a 'vibe' das bandas dos anos 80", acrescentou o guitarrista Alex Hoff.

Ouça o álbum em https://is.gd/JtmNZt

A faixa-título, "Bad Habits Never Die", foi antecipada em videoclipe, gravado no Rocks Studio, com direção de Ricardo Amaro e fotografia e edição de Eric Teixeira. "A letra fala sobre um(a) fã 'stalker', que é obcecado por seus ídolos, mesmo sabendo que nunca terá a presença deles em sua vida cotidiana", detalhou Alex Hoff.

Confira o clipe de "Bad Habits Never Die" em https://youtu.be/otAV0gfi3Hg

Mantendo as influências calcadas em Mötley Crüe, Van Halen, Kiss, Twisted Sister, Def Leppard, Alice Cooper, Iron Maiden, Gotthard, Ratt e Scorpions, a parte instrumental de "Bad Habits Never Die" foi gravada no Rocks Studio (SP) e as vozes no Cubic Sun Studios, em Berlim (ALE). "As músicas irão agradar quem curtiu nosso primeiro disco, 'Hård:On', mas algumas deverão chamar a atenção de um público novo. Exploramos novos estilos dentro do hard'n'heavy, mas sem perder a essência 80's do Hard:On", observou Chris Hoff.

Já a arte de capa foi elaborada pelo artista Marcelo Calenda, do estúdio de retoque e ilustração Revolut, que, inclusive, editou um vídeo que traz o passo a passo de sua criação, inspirada no estilo de arte baseado na do ilustrador japonês Hajime Sorayama. Veja o vídeo do 'making of' da capa em https://youtu.be/B-lGEcUjxp0

O repertório de "Bad Habits Never Die" será o seguinte:
1-Bad Habits Never Die
2-Catwalk
3-Dr She
4-Touchdown
5-Sunset Drive
6-Open Your Eyes
7-Kings of the Pit
8-Two to Tango
9-Life

Sites relacionados:
www.hardonmusic.com
www.facebook.com/hardonmusic 
www.instagram.com/hardonmusic
www.shinigamirecords.com.br

Formação:
Chris Hoff (vocal)
Alex Hoff (guitarra, teclado e backing vocals)
Ricardo Bolão (baixo e backing vocals)
Daniel Gohn (bateria)

Discografia:
Hård:On (2016)
Bad Habits Never Die (2019)

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records