terça-feira, 30 de abril de 2019

Torch – “Torch”


(1983 / 2018 – Relançamento – Nacional)

Hellion Records

Quando você folheia o encarte destas bandas ‘antigas’, nota-se que o Heavy Metal era grande na década de 80. Não entenda grande como necessariamente popular, mas quando uma banda lançava um disco, conseguia tocar em locais mais bem estruturados e com bons equipamentos. Isso ao menos na Europa e EUA.

Da Suécia vem o Torch, banda formada como Black Widow em 1979, mas que adotou a atual alcunha (sim, continuam na ativa depois de um hiato de 17 anos e retorno em 2003) logo em 1980. Este é o debut autointitulado do grupo que chega com exclusividade ao território nacional como relançamento da Hellion Records.

O mais legal é que o grupo conta atualmente com os mesmos caras que gravaram esse petardo. No disco, um conteúdo à frente de seu tempo, mostrando um Heavy Metal consistente, bem estruturado e executado, mostrando variação rítmica e arranjos riquíssimos.

O trabalho de guitarras de Claus Wildt e Chris J. First é primoroso, com riffs criativos e solos na medida certa, tendo na seção rítmica de Ian Greg (baixo) e Steve Streaker (bateria) a vibração e alicerce necessários, sendo que a bateria de Streaker mostra uma pegada intensa.

Tudo tendo à frente vocais equilibrados do baixinho Dan Dark, que possui um timbre simples, mas bem afinado e não exagera. Sem contar a interpretação cheia de gana do cantor. Destaque para as ótimas faixas Warlock, Rage Age, Sweet Desire e Gladiator.

A produção de Tomas Sunmo é outro ponto a se destacar, já que é muito boa se levarmos em conta a época. Aliás, é muito boa até hoje em dia, com timbres e captação excelentes. Este relançamento nacional conta com o EP “Fire Raiser!!” (1982), além de três outras faixas do EP “3 Track 12 Inch”, lançado em 1984, mas gravado em 1982. Sejamos honestos, “Torch” é um álbum que não se deve deixar levar pela capa.


9,0

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records