segunda-feira, 10 de junho de 2019

Arte News: Bruxaria e sororidade em clipe da banda carioca VENUZ


Bruxaria e sororidade em clipe da banda carioca VENUZ
A mística feminina é o principal tema do clipe “Deixa Ela Entrar”, da banda Venuz. Como bruxas do subúrbio carioca, em uma das principais cenas do clipe, ao redor de uma mesa, elas consagram imagens de mulheres poderosas que vieram antes delas, entre elas Isabel Bathory, conhecida como Condessa de Sangue. O vídeo é dirigido pela dupla Bruna Santiago e Felippe Ferreira. A música faz parte do EP, “Rebela” (2018).

“Foi um clipe totalmente diferente do que estamos acostumadas a fazer, devido ao fato de não ter cenas nossas tocando, o foco é no roteiro. Trata-se de uma estória que aborda a questão do poder feminino, da sororidade e espiritualidade da mulher. Com esse novo projeto pretendemos impactar o público através da qualidade da apresentação. Até os aspectos mais minuciosos foram elaborados com zelo total para que tivéssemos um resultado exatamente como esperávamos”, comemora Carol Vianna, baixista da Venuz.

Uma sociedade secreta composta apenas por mulheres. Liderada por uma matriarca, responsável por nomear novas integrantes do clã, batizá-las e repassar os ensinamentos. É em uma missão convocada pela matriarca que tudo acontece: chegou a hora de passar adiante o bastão de líder do coven e recrutar novas integrantes. Após uma reunião entre as cinco e o batizado de fogo, elas decidem no fim do ritual quem será designada para ser a nova matriarca.

A já mencionada Isabel Bathory, é uma entre tantas mulheres vistas de relance no clipe. Encontramos referências a Marielle, Olga Benário, Clarice Lispector, Lucrézia Bórgia, Joana D’arc e Marilyn Monroe: “Várias facetas de mulheres incompreendidas e desmerecidas pela história por serem mulheres, mas donas de poder, beleza, inteligência. Foi um homenagem pra quem sofreu por ser mulher, pra quem não teve tanto direito de voz. Acho que essa é a principal ideia de deixa ela entrar, mostrar que juntas somos mais fortes”, define Aila Dap.

Em “Deixa Ela Entrar”, todas as integrantes da Venuz participam como atrizes: Aila Dap (voz), Jack Foster (guitarra), Juliana Valente (bateria), Renata Guterres (guitarra), além de Carol. A quantidade de mulheres na frente da câmera não poderia ser mais correta. A letra da música foi inspirada em duas divindades femininas, Iansã e Kali. Enquanto o clipe teve como referência os rituais Wicca, com adaptações para o cenário urbano do rock underground carioca.

“O clipe nos mostra como se fôssemos verdadeiras bruxas urbanas, para esse resultado, nos inspiramos nos seriados estadunidenses ‘American Horror Story - Coven’ e ‘As Aventuras de Sabrina’. Dessa forma, o clã no clipe cultua o poder feminino exaltando a sensualidade e a força da mulher. O fogo representa esses valores e também remete a destruição, que se faz necessária para o nascimento de algo próspero”, explica Aila.

A ficha técnica de “Deixa Ela Entrar” conta com roteiro assinado pela banda Venuz, Bruna Santiago e Felippe Ferreira, que também foram responsáveis pela direção de arte. Já a direção fotográfica, é de Felippe Ferreira; A produção foi feita por Úrsula Silva, que também operou como gaffer; A montagem do vídeo, foi de Bruna Santiago, e por fim, a colorização é de Felippe Ferreira. Como matriarca da estória, a atriz convidada, Teresinha Andrade.

Assista “Deixa Ela Entrar”: https://youtu.be/sArhpuFrvmg


STRESS libera "Devastação" no Spotify
A banda Stress liberou no Spotify seu novo disco "Devastação". O álbum é composto de 10 faixas, sendo 7 delas inéditas e as regravações dos singles "Coração de Metal", "Heavy Metal é a Lei" e "Brasil Heavy Metal", que nunca tinham sido lançadas em nenhum álbum da banda, mas já se tornaram clássicos do metal nacional. Um disco composto para os fãs do mais puro Heavy Metal brasileiro.
Este disco também marca a estreia do guitarrista paraense Emersom Lopes, que se uniu ao vocalista e baixista Roosevelt Bala e ao baterista André Chamon, no início deste ano.

Veja aqui o lyric video para Motorocker que estará presente em “Devastação”:
O contato da produção para agendamento de shows é (91) 99114 1100.
Acompanhe o Stress no Facebook:
www.facebook.com/bandastress


THE GOTHS: concedeu entrevista para revista Roadie Crew edição 244
Na atual edição da Revista Roadie Crew, especial 1989, a banda The Goths é um dos destaques da edição no quadro cenário. Através de seu guitarrista e vocalista Felipe Disseli, a banda obteve um importante espaço de uma página para falar sobre a história, o álbum de estreia “The Death” e o que está sendo planejado para o futuro do grupo.

A entrevista na integra pode ser conferida na atual edição de nº244 que já se encontra nas bancas de todo o país. Confira abaixo como ficou a página completa da entrevista concedida pelo “The Goths” na Roadie Crew.



Formação:
Felipe Disselli – Voz/Guitarra
Franz Souza – Guitarra
Will Costa – Baixo
Lucas Disselli – Bateria
Mais informações:


DxLxM: lança Split ao lado dos belgas do Agathocles, álbum “Chaotica Existence” já está disponível em todas as plataformas digitais
Um dos mais proeminentes grupos de Hardcore/Punk do Brasil, o DxLxM, acaba de distribuir digitalmente um trabalho ao lado de uma lendária banda de Grindcore daBélgica, o Agathocles.

O álbum “Chatica Existence” pode ser facilmente encontrado em todas as plataformas de Streaming e conta com 08 faixas do DxLxM e 15 do Agathocles.

Agathocles iniciou sua carreira em 1985, considerados uma das principais forças do estilo na Europa, possuí em sua discografia várias slipts e fulls para deleite de seus fãs. Com essa parceria ao lado dos brasileiros do DxLxM, um álbum com 22 faixas pode ser conferido na integra pela Spotify, Deezer, ITunes, Google Play, Napster, Tidal e várias outras plataformas.

O material é um lançamento exclusivo do selo digital da Roadie Metal. Abaixo você irá conferir pelo Spotify ou Deezer. Procure em sua plataforma favorita, caso essas duas não seja de seu uso.



Formação:
Vocal/Baixo: Eduardo
Guitarra: Evandro
Bateria: Xane

Mais informações:
Facebook:
 https://www.facebook.com/dxlxm/


MOTORDRUNK: Reestruturados após grave problema de saúde do guitarrista
Lançado no ano passado, o debut do MOTORDRUNK, autointitulado, apresenta um Heavy Metal pesado e classudo, resultado direto dos agora completados 10 anos de estrada do grupo, oriundo de São José do Rio Preto/SP. Sergio Naza (vocal), Rafael '69' Dias (guitarra), Mauricio Lopes (guitarra/teclados) e Jovani Fera (bateria) passaram por um momento complicado quando Mauricio Lopes teve problemas sérios de saúde. Em 2017, durante o processo de gravação do álbum, o guitarrista começou a sentir fortes dores na perna esquerda: “a dor era tão intensa a ponto de nem conseguir dirigir mais e, depois de várias consultas e exames, já em 2018, iniciei o tratamento com fisioterapia no joelho esquerdo, junto com a tendinite no braço e mão direita. Nessa parte arranquei o imobilizador do braço para fazer as fotos da banda”. Segundo o músico, os problemas já vinham com o tempo: “Por alguns anos tive dores nas costas (lombar), com intervalos de tempo consideráveis, onde achava comum devido ao sobrepeso. Essa dor começou a aumentar e com intervalos de tempo menores. Em alguns casos, durante os shows, uma amiga enfermeira ia me aplicar injeções para que eu conseguisse finalizá-los. Nesse mesmo ano as músicas do debut já estavam no processo de composição...”.

Assista ao video clipe de “Motordrunk”:

Entretanto, foi somente depois de quase quatro meses de fisioterapia sem resultado positivo com as dores que o guitarrista descobriu o real problema. Através de uma consulta com um neurologista foi feita uma ressonância que foi detectada uma situação rara, conhecida como "Síndrome da Cauda Equina", doença que corta as funções motoras quando a hérnia de disco alcança a medula, como forma de defesa, para não lesionar mais os nervos. Mesmo com a iminência de uma cirurgia, Mauricio Lopes superou a dor e gravou o vídeo clipe do MOTORDRUNK, através de medidas como fisioterapia, acupuntura, etc. “Gravamos o clipe na segunda feira. Na mesma semana, quinta feira, senti uma dor absurdamente forte nas pernas e não consegui mais me movimentar. Não conseguia respostas do corpo da cintura para baixo. Nisso fui internado e, quatro dias depois, para a cirurgia.”. 

Entre idas e vindas do hospital, Mauricio mostrou aos médicos uma grande determinação e o amor pela banda e pelo Heavy Metal falaram mais alto. O próprio músico relata abaixo a conversa que teve com o médico:

Minha frase para o neurologista foi:
- Independente de o doutor me tratar com antibióticos ou me fazer outra cirurgia, volto a ensaiar em duas semanas para esse show.

A resposta do médico foi:
- Não posso prometer isso.

Então retruquei:
- Não estou pedindo, estou comunicando o que farei.

Segundo Maurício, “nada me impediria de seguir com o sonho que há tanto tempo eu almejava”, que era o lançamento do debut do MOTORDRUNK. Embora tenha passado por tantas dificuldades, o sonho foi concretizado:“depois de vários processos, consegui, mesmo travado, realizar o show de estreia do Motordrunk! Ainda estou em recuperação, mas já recuperei 90% de minhas funções.”. O guitarrista ainda conta que muitos amigos perguntaram o porque de não ter feito a cirurgia de imediato, mesmo antes da gravação do clipe: “Segundo o neurologista, não tinha como saber se eu recuperaria minhas funções ou se eu aguentaria a cirurgia, era um risco muito alto, principalmente pelo peso. Tínhamos pouco tempo disponível para gravar o clipe, tanto com a disponibilidade do local, quanto com a estadia do diretor na cidade.”

Agora reestruturados e com Mauricio em plena recuperação, o MOTORDRUNK busca recuperar o tempo perdido e divulga “Motordrunk” para todos os aficionados num Metal de qualidade e sem dúvidas, feito com muito suor e garra, apesar das dificuldades.

Ouça o álbum no Spotify:

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


Cores fortes, sensualidade e psicodelia predominam em novo clipe da ELETROACORDES 
Dessa vez a estética visual e sonora vêm como uma cara diferente. Já está disponível para visualização no Canal do You Tube o clipe "Aquele Beijo", da Eletroacordes, o quinto vídeo roteirizado da banda e que foi lançado em junho. A canção do videoclipe faz parte do próximo EP do quarteto gaúcho, intitulado "O Que me Resta!?!" a ser apresentado no segundo semestre com outras quatro canções. Ousadia no emprego de cores – ou de sua nulidade –, traz também contornos sensuais e um toque de psicodelia nas imagens, incluindo captações em 360 graus. O som instigante, mais denso, complementa o clima necessário para ambientação do som produzido pelo quarteto gaúcho. O lançamento aconteceu durante show da banda na Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), em Porto Alegre. Espia em https://bit.ly/2Kw57XD
Completando 10 anos de estrada, a banda já possui outros dois EP's e mais de 110 shows no Rio Grande do Sul, agora vem com uma nova proposta de marcar uma nova etapa, ainda planificada no rock, porém com a maturidade de incluir outros gêneros e sobretudo, com trilhas incidentais em suas novas composições. "Aquele Beijo" não é diferente, com emprego de efeitos midis e sonoridades acústicas, algo até então, timidamente empregado no repertório da Eletros. No total, foram armazenados 130 GB de imagens e áudio com estimativa de 18 horas de duração de cenas captadas.

As externas captadas no litoral gaúcho, região metropolitana, na Capital e em três estúdios, Casa Sonora, Cobaia e Trilha Hub, incrementam a ambientação da gravação da música. A produtora NPPAC, responsável pela produção audiovisual, empregou personagens no vídeo, com integrantes da própria banda, alinhando uma narrativa um tanto quanto provocativa e inspiradora, aplicando saturação de cores, matizes e filtros em cor e P&B. Já a edição e roteiro do clipe, produzido a seis mãos, remete a múltiplas interpretações. Para o sociólogo e produtor audiovisual da NPPAC, Marcelo Noronha, o clipe dialoga com produções anteriores da banda, mas traz algumas inovações "Se diferencia esteticamente na exploração de cores e efeitos, visando dar espaços individualizados para cada componente do grupo, em suas relações com a atriz e com os instrumentos que tocam. Para tanto, foram usados elementos de opacidade, que enfatizaram a interação entre as personagens", exemplifica.

Produzido de forma independente, o clipe foi gravado no período de seis meses, com tempo de duração de 5'10'', buscou locações em externas, takes em mini-estúdios. Ao longo do trabalho, ocorreram mudanças na formação da banda e na produção executiva, retardando o tempo da jornada e edição. A trilha, originalmente gravada, também foi prejudicada diante de ocorrência de furto de material audiovisual. Restabelecido a normalidade da banda, o vídeo transcorreu até o final sem incidentes.

"Aquele Beijo", bem como as demais canções em produção do novo EP foram compostas por Rodrigo Vizzotto (voz, guitarra, harmônica, teclado e banjo), Marcelo Bacci (baixista), Luis Tissot (guitarra) e Mateus Melo (bateria). A direção do vídeo fica por conta do diretor Lucas Noronha da NPPAC de Porto Alegre, com roteiro e pré-produção de Marcelo Noronha e participação da atriz Lu Sieber. A estética e figurino ficaram pela criação de Clau Sieber e a produção musical da Casa Sonora, por Wagner Rodrigues. O músico Leo Jost empresta sua voz para os backings vocais da música.


L.O.T.U.S: videoclipe de "Resiliência" vai ao ar na próxima segunda, assista ao teaser!

Em 2017 a L.o.T.u.S lançou seu primeiro videoclipe de "Vale das Ilusões" e agora complementando a história apresentada no videoclipe anterior, segunda (10) será lançado o single/videoclipe de "Resiliência" que dará continuidade na história apresentada no clipe antecessor.

Trabalhando atualmente com um time focado em compor e criar novos materiais, a L.o.T.u.S tem o novo videoclipe como um pontapé de um novo ciclo da banda e como já diz, é só o começo dessa nova etapa.

O videoclipe irá ao ar nesta segunda-feira (10) às 18:00 no YouTube oficial da banda, para receber notificações das novidades da L.o.T.u.S, acesse https://www.youtube.com/channel/UCQmxFV9cgiPUpL6J9CBlaAg ative o sininho e inscreva-se no canal.

Para ter um gostinho do que está por vir, assista ao teaser de "Resiliência":
https://www.youtube.com/watch?v=yOOdcqIRgWY

Links Relacionados:
https://www.facebook.com/banda.lotus.oficial
https://www.youtube.com/channel/UCQmxFV9cgiPUpL6J9CBlaAg
https://www.soundcloud.com/bandalotusoficial
http://www.instragram.com/banda.lotus.oficial

Contato para shows:
lotus.guarulhos@gmail.com


FACING FEAR: banda se apresentará no ‘Guaru Metal Fest 2019’
Um dos festivais mais respeitados do Brasil, ‘Guaru Metal Fest’, fará a sua oitava edição em dia único no feriado de sábado, 12 de outubro, a partir das 14h30 no Clube Recreativo de Guarulhos situado à Rua Doutor Nilo Peçanha, 111, Centro, Guarulhos/SP. Neste ano de 2019 a produção do evento trará pela primeira vez a São Paulo, os norte-americanos do Whiplash que subirão ao palco com o retorno das bandas Azul Limão (RJ) e Mutilator (MG) e ainda Nervo Chaos (SP), Anarkhon (SP), Outlaw (SP), Hell On Wheels (SP), Living Metal (SP), Necrohunter (PB) e a carioca Facing Fear que lançou recentemente o álbum ‘Ana Jansen’.
Disponível nas plataformas digitais e nas lojas de rock/metal pelo Brasil, ‘Ana Jansen’ foi lançado no dia 28 de maio pelo selo Classic Metal Records e traz a Facing Fear com sua habitual fidelidade ao heavy metal. A banda formada por Terry Painkiller (vocal), Raphael Dantas (guitarra), Nathalia Souza (baixo) e Vall Maranhão (bateria), levará ao palco do ‘Guaru Metal Fest 2019’ um repertório baseado no novo álbum, mas não deverá dispensar canções do EP ‘Lutaremos pelo Metal’ (2017), contudo, os paulistas podem esperar um show com muitos riffs, pegada e feeling oitentista que são predicados que ajudaram a Facing Fear a se destacar na cena nacional.
Os ingressos para o ‘Guaru Metal Fest’ estão disponíveis na Mutilation Records da Galeria do Rock, Rua 24 de maio 62, segundo andar, loja 370. O primeiro lote (promocional) é limitado em 300 ingressos a R$ 60,00 ou R$ 65,00 (a crédito na loja) vendidos até 30/06. O segundo lote estará disponível no dia 01/07 a R$ 80,00 e na portaria o valor da entrada será de R$ 100,00. As vendas on line estão disponíveis no Clube do Ingresso pelo link https://www.clubedoingresso.com/evento/guarumetalfest-12-10-2019
Serviço
Guaru Metal Fest 2019
Whiplash (EUA), Facing Fear (RJ), Azul Limão (RJ), Mutilator (MG), Nervo Chaos (SP), Anarkhon (SP), Outlaw (SP), Hell On Wheels (SP), Living Metal (SP) e Necrohunter (PB)
Data: 12 de outubro de 2019 às 14h30
Local: Clube Recreativo de Guarulhos, Rua Doutor Nilo Peçanha, 111, Centro, Guarulhos/SP
Ingressos: lote promocional com 300 ingressos = R$ 60,00 (apenas por 30 dias a partir de 01/06/2019) – segundo lote de 01/07 a 30/09 = R$ 80,00 – porta = R$ 100,00
Venda física: Mutilation Records (Galeria do Rock Rua 24 de maio 62, segundo andar loja 370)
Confira capa e track list de ‘Ana Jansen’

01. Hell’s Killer
02. Tragedy / The Lonely Soldier
03. Until The End
04. I Wanna Play The Sound
05. Run For My Life
06. Calling Me
07. War of Lies
08. Snow Witch (Yuki-onna)
09. We Are Facing Fear
10. Ana Jansen
Ouça a banda pelo streaming
Spotify
Deezer
Tidal
Napster
Cdbaby
iTunes/Apple Music
Amazon Music
Google Play
Links relacionados
YouTube
Facebook
Instagram
Twitter


BRADO: balada 'Calling You' ganha vídeo ao vivo
 

Letra emocional foi escrita pelo baterista Rick Koba e tem ligação com outra faixa do álbum "We Are"
 

Foto: Matt Garcia

A faixa "Calling You", que integra o repertório de "We Are", trabalho de estreia da banda Brado, acaba de ganhar um vídeo ao vivo. Ligada à "Guiding Your Way", retrata um fato pessoal que o baterista Rick Koba enfrentou em 2014. "A letra descreve o sentimento que tive quando perdi a minha mãe. O de perder alguém que cuidou de você a vida toda é um dos piores que podemos sentir. Só quem passou por isso sabe o que estou falando", descreve Koba. "Por um momento, você pensa em desistir de tudo, de todos, perde a confiança, seu norte desaparece e você fica sem chão, sem saber o que fazer. Isso é um sentimento complicado de lidar, e é algo que todos, um dia, irão sentir, por que faz parte do ciclo da vida, só que dói", acrescenta o baterista.

Veja o vídeo ao vivo de "Calling You" em https://youtu.be/hH0t1kU4pbA

Já a 'música-irmã', "Guiding Your Way", é uma mensagem da mãe de Rick para ele, para que não desista e continue, pois ela sempre estará junto dele na memória e no coração. "Obviamente, essa mensagem foi algo que criei na minha mente como uma forma de respirar fundo e erguer a cabeça", diz Koba. "O fato é que precisava ser forte naquele momento, mesmo que não pudesse ou quisesse. Tenho um irmão que, na época, era pré-adolescente e que, assim como eu, estava destruído. Por ser mais velho, eu necessitava passar a imagem de um 'porto seguro' a ele. Ainda que precisasse de apoio, eu precisava segurá-lo e mantê-lo firme."

Segundo Koba, a forma correto para ouvir as músicas seria na ordem contrária do repertório de "We Are". "Tendo em mente a mensagem, primeiro o ouvinte escuta 'Calling You' e depois 'Guiding Your Way'. Ainda assim, gosto de deixar com que as pessoas interpretem à sua maneira. Assim, quem ler as letras sem saber o que realmente significam pode criar outros significados. Isto vai depender do emocional da pessoa no momento em que ela lê", afirma Koba.

O vídeo ao vivo de "Calling You" é quinto de uma série de oito gravados no estúdio Fusão pela Foggy Filmes, dirigido por Junior Carelli. Todos os vídeos estão sendo lançados no YouTube, Facebook e IGTV (Instagram). "Guiding Your Way", por sua vez, foi o primeiro vídeo desta série, lançado há dois meses.

Veja o vídeo de "Guiding Your Way" em https://youtu.be/vPgW0aDk3zA

O álbum "We Are" está disponível em mídia física e em todas as plataformas digitais.

Ouça no Spotify: https://is.gd/9njv2k
Ouça no Deezer: https://is.gd/Q8FpbP

Site relacionado: facebook.com/officialbrado

Contato para shows: officialbrado@gmail.com


DEEPSHADE assina com WormholeDeath
O Deepshade tem o prazer de anunciar que eles assinaram um contrato com a WormHoleDeath para o lançamento de seu álbum 'Soul Divider'.

'Soul Divider' será lançado em 21 de junho de 2019 via Wormholedeath / The Orchard / Wormholedeath USA. Confira abaixo o tracklist:

1 Airwaves
2 City Burns
3 Burning Up
4 Arches Of Innocence
5 Sad Sun (radio edit)
6 Lonley Man
7 Soul Divider
8 MaryLand
9 Monster
10 Ganzua

Para conhecer melhor a anda assista ao vídeo:

Mais informações:


EROICA lança novo álbum
A banda suíça de heavy metal Eroica lançou seu novo álbum “Blind Observer”. O álbum foi gravado no "Sbsound.ch Studio" e mixado / masterizado por "Sbsound-Productions".


A Eroica foi formada em 1990 em Seon, na Suíça, por Andre Häusermann (vocal / guitarra) e Peter Werfeli (vocal / guitarra). Ano após Bjorn Rindlisbacher (bateria) e Markus Reichardt (baixo) se juntaram à banda, e a programação estava completa.

Mais informações:

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records