quarta-feira, 24 de setembro de 2014

InteraBanger



A nova seção do Blog Arte Metal, InteraBanger, além de procurar inovar e tirar o veículo de certa rotina, tem o intuito de interagir com o leitor, músicos e especialistas no assunto sobre álbuns polêmicos ou não de bandas já consagradas e relevantes.

Desta vez escolhemos o novo trabalho dos holandeses do Sinister. Um disco que não traz polêmica, “The Post-Apocalyptic Servant” foi lançado em maio deste ano e é o 11º álbum de estúdio da banda.

O disco traz um Death Metal potente, gênero que a banda nunca abandonou, e que se encaixa nos padrões atuais do estilo. No final é um trabalho sem surpresas que satisfaz os fãs, pelo menos a maioria.



“Um disco previsível. Calma, isso no bom sentido: afinal, era de se esperar mais um excelente trabalho dos holandeses, talvez a maior banda de Death Metal daquele país. Seguindo os passos do petardo anterior, “The Carnage Ending” (2012), ótimo constatar que estão em sua melhor forma! Previsível também ao merecer estar entre os melhores deste ano.” (Christiano K.O.D.A. – Som Extremo e Arte Extrema – www.somextremo.blogspot.com)

“Eu achei muito bom, um dos melhores lançamentos de Death Metal do ano com certeza!” (Leonardo Aguiar, leitor)

“Excelente álbum, mas como sempre os ‘antigões’ são os melhores, ‘hail’ “Cross the Styx” (1992)!” (Carlos Eduardo Farias, leitor)

“Ouvi e gostei muito, porradaria nervosa!” (Claudio Santos, leitor)

“Putz, não consigo curtir um disco deles desde o "Creative Killings" (2001), a banda teima em existir por mero capricho do Aad (N.E.: Kloosterwaard, ex-baterista e atual vocalista).” (Wellington Dias, Mundo Metal)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records