terça-feira, 14 de outubro de 2014

Zaltana – “Zaltana” – 2014 – Rossom Records (Nacional)

Tito Falasch integrou uma das melhores bandas de Metal do Brasil no final da década de 90 início dos anos 2000 ao lado do seu irmão Edu Falaschi (Almah, ex-Angra): o Symbols. Ainda passou por Karma, Wizards e Illustria, mas ultimamente vinha se destacando como produtor.

Desde 2012, Tito se juntou aos talentosos Mischa Marmade (vocal), Hilton Torres e Dann Feltrin (guitarras), assumindo bateria, baixo e vocal e formando o Zaltana. Um retorno triunfal aos holofotes dando total espaço aos colegas de banda para destilar tudo que sabem, afinal o Zaltana é realmente uma banda, um conjunto como diria antigamente.

Antigo de que o som da banda nada possui, afinal trata-se de um Extreme Prog Metal de muita qualidade, versatilidade e técnica apuradíssima. Mischa alterna seus vocais entre suave, agressivo e gutural, mostrando ser privilegiada por possuir um timbre bem próprio e ainda contar com apoio dos ‘backings’ de Tito e Hilton.

O trabalho de guitarras está irrepreensível, com peso na medida certa e melodias que se encaixam perfeitamente, tanto nos riffs quanto nos solos. Tito dispensa comentários na cozinha, trazendo linhas variadas e dando uma variação rítmica incomum às músicas, com uma boa pegada.

Difícil destacar algumas composições apenas, mas 2 Can Play This Game abrindo o disco de forma soberba, Skullface, a melodia emocionante de Heartstrings e a fúria de Mischa em Outliars podem ser as diferenciadas. A produção do próprio Tito dispensa comentários... Belíssimo.


9,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records