quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Magister – “Magister”

(2000 / 2016 – Relançamento – Nacional)
                               
Dunna Records

O guitarrista e vocalista André Evaristo se tornou conhecido no underground nacional pela sua passagem pelo Torture Squad, onde ficou por quatro anos, inclusive assumindo os vocais no bom álbum “Esquadrão de Tortura” (disco conceitual sobre a ditadura militar lançado em 2013).

Porém, poucos sabiam que ele havia fundado em 1998 a banda Magister e ainda contava ao seu lado com o baixista André Mellado, hoje no Woslom, e Pedro Alzaga na bateria. Aqui, Evaristo já cantava, só que em uma linha totalmente diferente da que ficou conhecido na agora sua ex-banda Torture Squad, afinal, a proposta aqui fica entre o Metal tradicional e o Power Metal.

Auto-intitulado, “Magister” foi originalmente lançado em 2000 e neste ano de 2016 a Dunna Records resolveu o relançar remasterizado contendo uma bônus. Soando ainda atual, o trabalho tem uma proposta interessante e traz um Metal bem particular que não nega raízes antigas, além de flertes com o Progressivo.

Com muita melodia, mas sem passar do limite, o grupo consegue impor músicas cativantes, que apostam na velocidade, mas que também variam no ritmo. As guitarras soam detalhistas, versáteis, despejando notas e arpejos transformando-se em uma parede sonora que é sustentada por um baixo potente, além de uma bateria bem explorada e precisa.

André Evaristo se mostra um bom cantor, já que sua voz natural já soa propícia ao estilo melódico. A produção de quinze anos atrás se mostrava acima da média, apenas soando um pouco ‘magra’. Destaque para as faixas Rising of the Crown, Rain (Falling Tears), Edge of Clouds e In Straight Line. Neste relançamento ainda há uma bônus para a versão demo de Rain (Falling Tears).


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records