sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Vociferatus – “Mortenkult”

(2016 – Nacional)
                                         
Eternal Hatred Records

Formada em 2008 por músicos experientes do cenário metálico carioca, a banda Vociferatus esperou três anos para soltar um full-lenght e mesmo antes disso conseguiu marcar território no cenário underground nacional. Afinal, quando lançou o EP “Blessed by the Hands of Flames” (2011), a banda provou de vez ao que veio.

A espera por um lançamento completo valeu à pena, afinal temos uma banda que sabe dosar cada elemento que incorpora na sua sonoridade. Sonoridade essa que tem foco no Death e no Black Metal, gerando uma música extrema, encorpada e muito bem estruturada.

Comecemos pelas mudanças de ritmos que procuram casar com as leves doses de melodias impostas, o que dá um grande diferencial às composições da banda. Tudo contendo uma agressividade assustadora por parte das linhas vocais de Pedrito Hildebrando.

As guitarras de Luiz Mallet e Filipe Lima mostram uma versatilidade e variedade de riffs fora do comum, além de solos bem dosados e encaixados. E ainda tem a bateria de Augusto Taboransky que parece uma britadeira e é acompanhada com consistência pelo baixo de Lucas Zandomingo.

A banda não para por aí e incrementa à sua música percussão e elementos da música oriental que deram certo ‘punch’ ao disco, além de mostrar que o leque aqui não está fechado e que ousadia os atraem. Tudo com uma ótima produção a cargo de Luiz Freitag e Jon Marque, lembrando que a masterização foi feita no GrindHouse Studios, na Grécia, por George Bokos (ex-Rotting Christ).

Faixas como Blood Runs over Bayt Lahm, Storms Are Mine, Mortenkult e a melancólica (isso mesmo!) Where Hope Dies são os grandes destaques do trabalho, que ainda conta com participação de Tal, vocalista do grupo canadense Cryptik Howling. Estreia mais que aprovada!


9,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records