terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Goatlove – “Guadalajara”

(2016 – Nacional)
                              
Independente

Roger Lombardi, vocalista e mentor do Goatlove, é uma figura emblemática por natureza. Sua forma irônica de levar seu trabalho e seu talento natural faz com que as fórmulas que utiliza em sua música soem de certa forma originais, mas o mais importante é que legal pra caramba.

Tais fatores já se apresentaram em “The Goats are Not What They Seem” (2012), mas alguma coisa faltava ali e sem dúvidas isso já não está mais vago neste segundo álbum. Mais polido e maduro, “Guadalajara” é um disco divertido do início ao fim e que faz com que o ouvinte naturalmente aperte o ‘repeat’ assim que termina a última faixa.

Qual a proposta? Praticamente todas, já que encontramos aqui uma mistura de Rock clássico, Hard Rock, Gothic Rock e Metal. E pra quem pensa que o Goatlove se perde nessa salada musical, se engana, a banda se sai muito bem e pode chegar ao ápice de agradar a gregos e troianos.

O próprio Roger e Marco Nunes ficaram responsáveis pela produção do disco que também dá um grande passo em relação ao primeiro, atingindo um nível altíssimo e com tudo bem calibrado. O que dá ainda mais valor a composições como Shine, Down To The River, Liar e Apes, que se destacam já na primeira audição. “Guadalajara” precisa ser ouvido, já!


9,0

Vitor Franceschini


Um comentário:

Shinigami Records