terça-feira, 25 de julho de 2017

Honeymoon Disease – “Part Human, Mostly Beast”

(2017 – Importado)
                                 
The Sign Records

‘Climão’ do Rock & Roll dos anos 70! Guitarras e composições características da época. Solos dobrados, melodias e vocais contagiantes! A banda se intitula de ‘Groovy Rock & Roll’.

Imagine o Runaways se encontrando com o Kiss e umas pitadas de U.F.O. Imaginou? Segue este caminho, porém com nuances modernas. Poderíamos dizer que a banda está no mesmo caminho do Hellacopters, que também se inspiram nas bandas setentistas mais “roots”, as quais deixaram os riffs clássicos das décadas de 50 e 60 mais pesados. (risos).

O Honeymoon Disease (nome sensacional para uma banda!) formou-se na Suécia (Göteborg, Västra Götaland) em 2013. Depois de dois 7” EP e do ‘full’ “Transcendence” (2015), o grupo apresenta “Part Human, Mostly Beast” (outro nome sensacional! risos). O álbum contém doze canções, que exploram, principalmente, os vocais de Jenna. Tem-se a impressão que as melodias foram criadas /previamente para as vocalizações e o timbre dela, o qual se diferencia da maioria das cantoras atuais da cena atual do Rock pesado; ou seja, nem extremo, nem lírico. É tradicional, porém não datado!

O uso de ‘naipe de metais’ em algumas músicas deixou realmente o clima mais ‘groovy’ mesmo. Bela jogada! A banda conta, além de Jenna nos vocais (e guitarra, também) com Acid (guitarra), Cedric (baixo) e Jimi (bateria). Em relação à produção, ela conseguiu deixar o trabalho mais vivo, animado! Energético! O Honeymoon Disease não é apenas para os que se identificam com os anos 70. É para todas as pessoas que reconhecem a boa música!


9,0

Adalberto Belgamo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records