terça-feira, 22 de agosto de 2017

Hansen & Friends – “Thank You Wacken”

(2017 – Nacional)
                                             
Shinigami Records                   

O mestre Kai Hansen (Gamma Ray, Unisonic, ex-Helloween) apareceu com este projeto em 2016 trazendo o álbum “XXX - Three Decades in Metal”, que foi uma espécie de celebração, ou se o leitor preferir, uma brincadeira ‘séria’. A realidade é que deu certo e mesmo se divertindo Hansen faz muita coisa boa.

Claro que ele não poderia ficar de fora do Wacken Open Air 2016 e tocando em casa ao lado de Alexander Dietz (baixo, Heaven Shall Burn), Eike Freese (guitarra, Dark Age), Michael Ehré (bateria, Gamma Ray, The Unity) e Corvin Bahn nos teclados, fazendo uma verdadeira festa em cima do palco.

Em uma hora e vinte minutos aproximadamente, o que se vê é um entrosamento excelente e uma banda segura, digna da experiência de seus músicos. Com uma qualidade sonora ótima, que não poderia ser diferente, a mescla de músicas do próprio projeto com cinco covers do Helloween não poderia ser melhor. Se quisesse incluir algo do Gamma Ray também não teria problema algum, mas acho que o espaço foi dado às músicas certas (mais abaixo falamos disso).

Muito legal ver músicas novíssimas para o público como a marchante Enemies of Fun, a outra cadenciada Fire and Ice, Burning Bridges e Follow The Sun – todas do Hansen & Friends – caírem muito bem no repertório e soarem como se já fossem clássicas. O que só enaltece o talento de Kai Hansen.

Dos covers do Helloween, I Want Out e Future World são carnes de vaca nos shows que contam com Hansen. Mas, claro que com participação de Michael Kiske isso será sempre bem vindo. Porém, o mais legal foi a inclusão de músicas como Ride The Sky (do debut “Walls of Jericho”), Victim of Fate (do primeiro EP da banda de 1985) com o novo vocalista do Gamma Ray Frank Beck mostrando seu poderio e a sensacional Save Us (“The Keeper of The Seven Keys II”) que fecha a apresentação com um dueto entre Hansen e Clémentine Delauney (Visions of Atlantis) que participa em outras três faixas, sendo uma delas a ótima All Or Nothing.

“Thank You Wacken” é um álbum ao vivo previsível, o que não significa que é ruim, muito pelo contrário, é diversão garantida. E o melhor ainda é que a versão nacional (lançada pela Shinigami Records) traz um DVD do mesmo show em vídeo. A apresentação retrata exatamente o que se ouve no CD e prova que a banda se diverte muito também.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records